Cristina Amaro
Está a ler

De volta. Rumo ao futuro

5
As marcas

De volta. Rumo ao futuro

De volta. Rumo ao futuro

Por Cristina Amaro e Alexandra Delgado Figueiredo

Por estes dias, nas redes sociais do Imagens de Marca temos vindo a partilhar alguns posts a que gosto de chamar “balanço”. Balanço do que têm sido estes últimos meses. Do que conseguimos conquistar. Da forma como nos temos conseguido reinventar. Enquanto pessoas, enquanto equipa, enquanto empresa. Um balanço necessário que fizemos questão de partilhar com quem segue todos os dias o nosso trabalho, as nossas conquistas.


Tem sido uma superação constante. Soubemos, mais uma vez, provar de que fibra somos feitos. Perante o maior dos desafios fizemos ainda mais e melhor. Sem parar um único dia! E repito isto quantas vezes forem necessárias: o sucesso de qualquer organização começa e acaba nas pessoas. E a equipa do Imagens de Marca é feita de pessoas especiais. Temos coisas a melhorar, sim. Como todos temos na vida. É normal. Mas ainda assim orgulhamo-nos muito do trabalho que temos vindo a fazer desde março. Num ritmo alucinante já que ao Imagens de Marca juntaram-se na The Empower Brands House, produtora do programa, diversos outros projetos. Tão exigentes como esta marca tem sido ao longo destes 16 anos de emissões na SIC Notícias.

A causa que fundámos em outubro passado, a Empower Brands Community, tem tido uma dinâmica assinalável com diversos eventos, tanto na área da academia como das web conferences, sem esquecer as novas séries que temos estreado no canal oficial do YouTube, o Empower Brands Channel. A isto ainda somamos a atividade normal da área de branded & corporate contents da House. E em tudo colocamos uma legenda: “feito a partir de casa”. E isto é louvável.

Têm sido tempos de extrema exigência para todos nós. Mas era necessário. Primeiro, porque tínhamos de fazer a nossa parte nesta “onda” de responsabilidade social que temos de alimentar e na qual entrámos ainda antes do país entrar em lockdown. Depois, porque o momento acabou por acelerar todas as nossas atividades. Encurtámos caminhos, como aconteceu na área dos eventos somente previstos para o segundo semestre, desbravámos mato cerrado. Mas, acima de tudo, tem valido a pena olhar para os resultados.

Estamos exaustos. Mas estamos com sensação de dever cumprido. Agora, é tempo de voltarmos, aos poucos, passo a passo, à normalidade da nossa atividade. Uma normalidade relativa, porque nada vai ser igual. E também vos digo que não quero que seja igual. Precisamos que seja melhor. Há muito tempo. E chegou a hora de o fazer. Em prol do futuro. Em prol da sustentabilidade. Da nossa. Na vossa vida.

Fiquem atentos a este mês de junho e ajudem-nos a ajudar-vos. Só assim será possível continuarmos a fazer mais e cada vez melhor. Pelas empresas. Pelas marcas. E pelas pessoas que lhes dão vida.

Estamos nisto juntos?

Deixe uma resposta

Follow @ Instagram

Siga-me!