Cristina Amaro
Está a ler

Cinco dicas para deixar de adiar resoluções

0
A vida

Cinco dicas para deixar de adiar resoluções

Cinco dicas para deixar de adiar resoluções

Por Alexandra Delgado Figueiredo, communication manager The Empower Brands House

Já vamos a meio do ano mas não é razão para desistirmos das resoluções que tínhamos planeado para ele. Pelo contrário. 

Com o desconfinamento há muitas coisas que tínhamos na nossa gaveta que agora já não temos desculpa para não pôr em prática e deixar de ser um objetivo para ser uma realidade. Quando traçamos metas é porque acreditamos que elas, de alguma forma, vão mudar a nossa vida para melhor. Por isso, porquê desistir? Desistir delas é, em parte, também desistir de nós.

Uma lista de objetivos sem etapas devidamente definidas, na maior parte dos casos, não resulta. Mais do que ter objetivos, é fundamental estipular caminhos para os atingir. E isso passa por um planeamento e uma definição muito rigorosa do que se quer e para onde se pretende ir. Sem esta delimitação dificilmente resultará.

Hoje ficam cinco dicas para ver se deixa de adiar definitivamente as suas resoluções para o “amanhã” que nunca se verifica:

Criar rotinas e listas 

Criar uma rotina é normalmente o segredo para quase tudo na nossa vida. É fundamental organizarmos todos os dias uma lista mental ou escrita, de forma a conseguirmos ter uma noção global de tudo o que temos reservado para aquele dia e não nos esquecermos de nada, ou chegarmos ao final do dia com aquela sensação de que tínhamos mil e uma tarefas e pouco ou nada fizemos. Criar estas listas pode, não só poupar o nosso cérebro de se lembrar de tudo o que precisamos de saber, como ainda nos permite ter uma clareza muito maior do que podemos encaixar em cada parte do nosso dia.

Criar alertas

Se repararmos bem só nos esquecemos das coisas que inconscientemente adiamos porque sabemos que, de alguma coisa, elas vão alterar a nossa rotina e implicar algum tipo de esforço. Por isso, é importante contrariar e perceber que elas em algum momento terão de ser feitas, pelo que se as colocarmos na nossa agenda podemos fazê-las de forma organizada e, eventualmente, com menos esforço.

Fazer uso do alarme e dos lembretes do telemóvel  é um excelente truque para não nos esquecermos dos nossos afazeres. Praticamente toda a gente anda com o telemóvel para todo o lado. Ele é, hoje em dia, uma excelente ferramenta de trabalho e pode ajudar-nos em muito na gestão do nosso dia. 

Tempo

Na maior parte dos casos, aquilo que nos impede de concretizar os nossos objetivos é o facto de não lhes darmos a devida atenção. É difícil conseguirmos determinadas coisas na nossa vida se nada fizermos para que existam condições favoráveis para tal. Se não procurarmos arranjar tempo para cada tema não podemos esperar que as coisas aconteçam como que por magia.

Benefícios 

Se nos focarmos essencialmente nos benefícios que o tema possa trazer para as nossas vidas torna-se mais fácil arranjar tempo e disponibilidade mental para nos focarmos nele. É fundamental nos motivarmos com determinados aspetos e só pensando em coisas boas é que isso é possível.

Balanço 

Fazer regularmente balanços dos nossos dias permite-nos perceber o quão produtivos somos e o que podemos fazer para garantir que todas as nossas resoluções não ficam apenas pelo papel. No final de cada mês, por exemplo, devemos avaliar os nossos progressos, tentando perceber o que ficou feito, o que ficou por fazer e o que temos de melhorar para lá chegar. No fundo, parar para pensar e tentar perceber quais as estratégias que podemos definir para garantir que todas as nossas vontades são bem-sucedidas. 

Deixe uma resposta

Follow @ Instagram

Siga-me!