Cristina Amaro
Está a ler

A liderança não é um posto

2
A vida

A liderança não é um posto

A liderança não é um posto

Por Cristina Amaro e Alexandra Delgado Figueiredo

Na semana passada fui distinguida como uma das Best Team Leaders 2019. Este é um estudo que premeia os melhores líderes de grandes e pequenas empresas. No fundo, um reconhecimento daqueles que lideram equipas e que avalia competências e características de personalidade.

Acho pertinente uma reflexão acerca deste assunto. Não propriamente pela distinção, mas pela importância do tema. Porque, como já tive oportunidade de dizer anteriormente, acredito que a liderança é algo que se constrói. Como, aliás, qualquer coisa na vida. Não é uma posição ou um cargo. Não é mandar os outros fazerem. É agir. De cabeça, alma e coração.

Um bom líder é aquele que dá a cara, independentemente da situação. Para o bom e para o mau. Sabe agir perante as adversidades e sabe encarar o mercado que está sempre em constante transformação.

A liderança não é um posto

Outro ponto importantíssimo é a comunicação. Conseguir expressar de forma clara e objetiva a nossa visão para que consigamos transmitir a mensagem que pretendemos. Além de bons comunicadores devemos ser bons ouvintes e permitir sempre que os nossos colaboradores expressem as suas ideias e emoções. Só assim conseguiremos criar um bom ambiente de equipa e de entreajuda.

Acima de tudo, quando somos líderes temos de ser um exemplo. Não é vender a ideia de que somos perfeitos e que não erramos. Pelo contrário. É mostrar que apesar das dificuldades continuamos a lutar por aquilo em que acreditamos. Com determinação, força e confiança. De coração, na medida em que devemos representar sempre os valores que queremos que a nossa organização defenda.

Acredito que liderar chega mesmo a ser uma forma de estar na vida. Aprendemos a liderar com os outros – sempre com os outros – e nunca de uma forma individual. Requer tempo, resiliência, atitude. Não é um processo que se constrói de forma isolada. Constrói-se na vida pessoal e profissional, quase que de forma indissociável. Por essa razão, acredito que a forma como percecionamos a nossa vida pessoal não seja assim tão distinta da forma como encaramos o trabalho.

A liderança não é um posto
A liderança não é um posto

A liderança é muito mais do que um posto. Não é apenas para quem quer ou sabe liderar. É o sentido maior da humanidade, onde todos vivem, trabalham e crescem juntos. Pertence a todos nós. Às organizações. À vida.

Deixe uma resposta

Follow @ Instagram

Siga-me!